Buscar
  • Cultura Iminente

Quinteto Violado, 50 anos de muitas emoções

No dia 26 de abril a produtora Cultura Iminente teve a honra de receber em seu palco, o consagrado grupo musical Quinteto Violado, que em 2021 completa 50 anos de carreira. A presença do grupo no mesmo espaço onde foi produzido o Palco Espiral para o Espiral das Artes virtual 2021, aconteceu na gravação de um show que será exibido dia 29 de maio na programação do Sanfonada Forró Festival Áustria/Brasil, primeiro festival de forró virtual produzido na Europa. O evento é idealizado e produzido pelo sanfoneiro Derico Alves e contará com a presença de grandes nomes como ‘Santana, O Cantador’ e ‘Petrúcio Amorim’. O show que foi gravado pela equipe do Oráculo Estúdio, traz um repertório que marca a história da música brasileira através das composições do Quinteto Violado e de outros ícones como Luiz Gonzaga e Dominguinhos. Uma verdadeira viagem musical no tempo! Inclusive, “Tempo”, é o nome do mais novo single do Quinteto Violado que retrata essa história de sucesso, amor e dedicação que perdura por 5 décadas. Tivemos a felicidade de conversar com “os violados” que gentilmente cederam uma entrevista exclusiva que você confere aqui abaixo.No dia 26 de abril a produtora Cultura Iminente teve a honra de receber em seu palco, o consagrado grupo musical Quinteto Violado, que em 2021 completa 50 anos de carreira. A presença do grupo no mesmo espaço onde foi produzido o Palco Espiral para o Espiral das Artes virtual 2021, aconteceu na gravação de um show que será exibido dia 29 de maio na programação do Sanfonada Forró Festival Áustria/Brasil, primeiro festival de forró virtual produzido na Europa. O evento é idealizado e produzido pelo sanfoneiro Derico Alves e contará com a presença de grandes nomes como ‘Santana, O Cantador’ e ‘Petrúcio Amorim’. O show que foi gravado pela equipe do Oráculo Estúdio, traz um repertório que marca a história da música brasileira através das composições do Quinteto Violado e de outros ícones como Luiz Gonzaga e Dominguinhos. Uma verdadeira viagem musical no tempo! Inclusive, “Tempo”, é o nome do mais novo single do Quinteto Violado que retrata essa história de sucesso, amor e dedicação que perdura por 5 décadas. Tivemos a felicidade de conversar com “os violados” que gentilmente cederam uma entrevista exclusiva que você confere aqui abaixo.




Entrevista com o Quinteto Violado


Cultura Iminente: Qual o sentimento mais forte quando se pensa nos 50 anos de carreira?


Quinteto Violado (Marcelo Melo): Olha, o sentimento mais forte que o Quinteto Violado tem, quando a gente pensa nos 50 anos que nós vivemos, foi a contribuição que nós trouxemos para a Música Popular Brasileira. Eu acho que o Quinteto Violado teve um papel importantíssimo na leitura que fez dos cancioneiros dos folguedos populares, a própria criação do próprio grupo como compositores, eu acho que tudo isso trouxe uma visão diferenciada pra música nordestina a partir do Quinteto Violado.


Cultura Iminente: O que de mais importante se leva dessa trajetória de 50 anos?


Quinteto Violado (Marcelo Melo): O que a gente leva de muito importante e eu acho que alivia muito o coração da gente é olhar para trás e ver que a gente realizou uma obra, temos mais de 50 álbuns gravados, alguns DVD’s, algumas premiações e grandes viagens que a gente fez pelo mundo, pela Ásia, pela África, pela Europa, enfim, a gente levou muito a nossa música pra fora e conseguiu emocionar a todas as pessoas que assistiam o Quinteto Violado. Então eu acho que todos os músicos que estiveram com o Quinteto Violado, guardam essa emoção, essa lembrança, e é uma coisa que a gente leva pra vida!


Cultura Iminente: Se tivessem que dar um conselho para os novos artistas regionais que pretendem seguir carreira em grupo. Qual seria?


Quinteto Violado (Marcelo Melo): A gente queria dizer a todos os novos compositores, os novos músicos que trabalham com a música regional, que não se distanciem delas, porque elas têm a verdade, elas têm a identidade da sua terra, da sua aldeia, do seu povo. E isso é que emociona o mundo porque você onde tocar, você vai levando essa informação cultural que é muito rica e muito importante. Sobretudo nós aqui do Nordeste a gente sabe que tem essa qualidade no conteúdo da musicalidade do povo.

41 visualizações

Posts recentes

Ver tudo

No último dia 21 de dezembro (que aconteceu no não saudoso ano de 2020), os planetas Saturno e Júpiter se alinharam formando um evento chamado A Grande Conjunção, que não acontecia desde a Idade Média